O mundo visto daqui sabe melhor e soa a caixinha de música.
Daqui, visto-te de azul. És céu e é verão e não há nuvens! Jamais as semearia em ti. Não!
Tens bandos de pássaros que bailam em espiral e chilreiam e tens trinta e três vidas e folhas verdes.
És tão bonito...
É adorável como suportas tantos milénios de «Eu amo-te mais do que isto»
O que mais queres que diga? Tudo em ti é adorável.

4 comentários:

PauloSilva disse...

Há pessoas que simplesmente nos tocam com o olhar. E plim. Pintadas da cor mais bonita, são nossas, pertencem-nos. São a nossa alma e coração.
Um beijinho!

Mariana disse...

Minha linda, acredito que a minha mãe vive em todos nós que, um dia, vivemos juntos dela... Acredito que ela vive através de mim e das minhas irmãs, tal como disseste, acredito em todas as tuas palavras só que de uma forma diferente... Talvez seja possível o que dizes: era fantástico saber que ela viveria muito mais, porque bem o mereceu. Obrigada pelo tempo que me deixas-te, é sempre bom ouvir palavras assim de alguém.

Quanto ao que aqui vejo... 5 estrelinhas** também tenho uma pessoas dessas na minha vida, são elas que fazem valer tudo mais a pena

mil beijinhos

Bird Girl disse...

OH GOH!!!!! Emocionaste me agora :)

Eros disse...

Há sempre musicalidade(s) pelas tuas linhas... partituras orfeicas que harmonizam mensagens pulcras.

Enviar um comentário

Quando lia contos de fadas, eu imaginava que aquelas coisas nunca aconteciam, e agora cá estou no meio de uma! Deveria haver um livro escrito sobre mim, ah isso deveria! E quando for grande, vou escrever um...
L.C.